terça-feira, 30 de outubro de 2012

RENDA MELHOR JOVEM 2012

Começa nesta segunda-feira (29/10), o período de validação de contas dos elegíveis ao Programa Renda Melhor Jovem da base de 2012.

A cada dois dias as agências do Banco do Brasil atenderão um grupo de alunos, que estão sendo comunicados por SMS e pelas escolas.

Além das escolas, o site do Programa tem as informações sobre as agências para comparecimento. É importante que os alunos compareçam nas datas agendadas.

Os alunos da base de 2011, devem se apressar para informar o CPF no site e validar as suas contas, pois os prazos terminam nos próximos dias 07 e 17 de novembro, respectivamente.

As agências do BB localizadas nos municípios do Japeri, Belford Roxo e São Gonçalo, não cobrarão a taxa de emissão do CPF, para os alunos elegíveis de 2011. As escolas situadas nestes municípios possuem a listagem dos alunos que estão isentos da taxa, bem como a informação sobre qual a agência que cada elegível deve se dirigir.

Os alunos elegíveis devem informar o número do CPF no site www.rendamelhorjovem.rj.gov.br. Após a informação do CPF no site, os alunos devem aguardar os avisos sobre as datas para a validação das contas nas agências do Banco do Brasil.

É importante que, ao informar o número do CPF no site, os alunos informem ainda o número de celular e o endereço de email, pois serão emitidas mensagens de SMS e via correio eletrônico.

O prazo para validação das contas foi prorrogado até o dia 17/11/12. As escolas também informações sobre o agendamento para comparecimento às agências.

Neste momento, somente terão direito ao benefício os alunos dos municípios de Japeri, Belford Roxo e São Gonçalo, que estão na listagem divulgada às escolas.

Os alunos elegíveis de 2012, devem informar o CPF no site e aguardar a informação sobre validação das contas.

Alunos que se tornaram elegíveis em 2012 devem informar o CPF no site do Programa e aguardar o próximo período de abertura de contas.

O Renda Melhor Jovem é uma poupança-escola anual, destinada aos jovens integrantes de famílias beneficiadas pelo Programa Bolsa Família, Renda Melhor e o Cartão Família Carioca, que sejam matriculados na Rede Regular de Ensino Médio Estadual até 18 anos incompletos.

O estudante receberá o benefício ao ser aprovado no fim de cada ano letivo, da seguinte forma: ao concluir a 1ª série, recebe R$ 700; ao concluir a 2ª série, recebe R$ 900; e a 3ª série, recebe R$ 1 mil. Caso curse Ensino Profissionalizante, em quatro anos, ao final do último ano, o estudante receberá ainda R$ 1,2 mil. Com a conclusão do Ensino Médio, o beneficiado poderá receber ainda mais R$ 500 adicionais, caso apresente bom desempenho na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Os valores são depositados em conta poupança no Banco do Brasil e o jovem pode sacar até 30% do benefício anualmente. O saldo total, corrigido ao longo dos anos, só pode ser sacado após a conclusão do Ensino Médio. Mais do que incentivar a permanência do jovem na escola, o Renda Melhor Jovem busca contribuir para a redução da repetência e da defasagem idade-série, melhorando os índices de qualidade do aprendizado e estimulando a conclusão do Ensino Médio.

Em 2011, o Renda Melhor Jovem incluiu 6.500 jovens dos municípios piloto – Japeri, Belford Roxo e São Gonçalo. Este ano o Rio Sem Miséria chegou a 52 municípios, atendendo a 55 mil jovens.

Para se manter no Programa, além de ser aprovado, o estudante deve realizar a prova anual do Sistema de Avaliação da Educação do Estado do RJ (Saerj), tendo que justificar sua ausência, em caso contrário. O aluno terá ainda que realizar mais de dois terços das avaliações bimestrais estaduais (Saerjinho) por ano – proporcionais ao mês de adesão ao Programa -, além de realizar, nos anos subsequentes ao ano de adesão, mais de duas avaliações bimestrais estaduais (Saerjinho) por ano. Além disso, o estudante perde o direito de receber o benefício se tiver que cumprir medida socioeducativa ou condenação penal a partir da adesão ao programa.

Para abrir a conta, o jovem – ou responsável legal - deverá apresentar no banco os originais e 1 (uma) cópia dos seguintes documentos:

1- Documentos que o jovem beneficiário deve apresentar quando for o titular da conta:

a) Documentos de identificação (Carteira de Identidade, Certidão de Nascimento etc.) (*);
b) CPF (**) e;
c) Comprovante de residência (***).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário